PORTUGAL: ENVIOS GRÁTIS | INTERNACIONAL: ENVIOS GRÁTIS > 50€ || DEVOLUÇÕES GRÁTIS

PNPG, um amor adiado...

…Anos mais tarde, devido ao meu insucesso escolar*, o meu pai, passou a obrigar-me a ir todos os dias para a biblioteca da escola secundária onde era funcionário, para, sob o seu olhar atento, eu fazer os trabalhos de casa e estudar, e depois entreter-me com o que ali havia: livros.

Li muitas coisas que gostei, mas também li muitas coisas porque fui obrigado... A verdade é que li muito livro na altura... Tenho de olhar pelo lado positivo, foi bom para me instruir e muitos livros que li na altura conduziram-me pelo resto do meu crescimento. Como a minha paixão sempre haviam sido os bichos, finalmente encontrei os livros do meu interesse. Tratava-se de uns sobre os Parques Naturais de Portugal. Depois de os ler, fiz um resumo da fauna e flora presente em cada um deles, numa espécie de infografia.

PNPG | Indagatio

Claramente, o Parque Nacional da Peneda-Gerês era a “jóia da coroa”. Tinha toda a fauna de que eu mais gostava, e “superava” o Parque Natural de Montesinho por ter sido há menos tempo que lá o urso-pardo fora extinto. Renasceu em mim o desejo de voltar ao Parque Nacional, queria ver todos os bichos que no livro dizia que lá havia.

Mas os anos passaram e não tinha forma de ir... Até que um dia fui para um campo de férias e ficamos alojados em Braga e uma das actividades previstas, no terceiro dia, era uma visita ao Parque Nacional.

Esperei impacientemente pelo dia, mas a visita não passou de uma viagem de horas dentro de um autocarro, comigo de nariz colado no vidro à espera de ver os animais; à espera de uma paragem para me aventurar pela floresta.

PNPG | Indagatio

Mas o autocarro não parou e os animais não apareceram. E ficou por ali esta história, o meu regresso ao Parque Nacional não passou de uma eternidade fechado dentro de um autocarro, a viajar por uma série de curvas e contracurvas, sem uma única paragem...

*insucesso escolar: a minha média final do período era de 4 (escala 0 a 5), mas como tirei um 3 a História e Francês o meu pai ficou chateado.............

Isto continua...

Pedro Caldas

1 comenta
de Filas Sá em July 30, 2020

Na minha infância, o Gerês era algo que parecia tão mas tão longe…só em Setembro no regresso das férias em Espanha era habitual passarmos 3 dias pelo Gerês, sendo que o primeiro dia era o da chegada pela hora de almoço e o terceiro para regressar a casa logo ao inicio da tarde. Coisa que eu não conseguia compreender. Porquê que só ficávamos um dia completo no Gerês? Fazíamos uma viagem tão grande para só lá ficar um dia completo. Estas eram então as minhas férias, uns dias por Espanha, ansioso por um dia no Gerês, aquele que para mim era o local mais idílico que conhecia, a Mata da Albergaria a floresta mais densa e pura e o Miradouro da Pedra Bela um verdadeiro tesouro. E depois, depois tínhamos as cascatas…

DEIXA UM COMENTÁRIO

Os comentários serão aprovados antes de serem publicados


VOLTAR AO TOPO
Português
Português